Buscar
  • Eduardo Garcia

A grama do vizinho é mesmo, mais verde? Autoconhecimento

Pensa nos teus desejos... Agora pensa na razão pela qual deseja isso.

Bebida é água e comida é pasto, canta Arnaldo Antunes, inspirado, provavelmente, na filosofia epicurista. Trata-se de uma postura de vida que privilegia a simplicidade. A questão é saber sentir prazer satisfazendo as necessidades reais. Um pedação de pão sacia a fome com o mesmo prazer que um bom assado, diria Epicuro. Acontece que, muitas vezes, os desejos são meros atalhos para satisfazer carência de autoestima, ou até, um desfoque da ansiedade.

Por essa razão, a felicidade real está na satisfação de necessidades reais e a felicidade estilo "outo de tolo" tem duração curta. De acordo com o epicurismo, os verdadeiros valores estão em prazeres sensíveis, boas companhias e na intelectualidade. Exemplificando, pense em um bom jantar, regado com boas bebidas, compartilhado com bons amigos, conversando sobre assuntos interessantes...

Por outro lado, pense em uma reunião de pessoas, falando sobre seus carros, bolsas, vestidos, sapatos... Nasce aí o consumismo, que nada mais é do que comprar coisas que não precisa, gastando dinheiro que não tem, para impressionar pessoas que não estão nem aí com você!

Conhece-te a ti e compreende com profundidade as suas reais necessidades, sejam de realizações pessoais, afetivas ou materiais.









19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo